Complete actions

Julho 2016 - Prestação A1: Relatório sobre a caracterização analítica e biológica de cinzas de fundo e volantes, materiais orgânicos, amostras de solo e amostras de água​​​​​​​


Os objetivos da Ação A1 incluíram: (i) fornecer uma caracterização completa de materiais com uso potencial como aditivos para o solo; (ii) fornecer uma caracterização preliminar de solos degradados em áreas de minas em Portugal, bem como a recolha e caracterização de amostras a serem utilizadas na Ação A2; e (iii) selecionar tipos específicos de cinzas de fundo (BA) e de cinzas volantes (FA), bem como tipos de materiais orgânicos a serem misturados e testados como aditivos para o solo na Ação A2.
No final de julho de 2016, todos os objetivos da Ação A1 foram cumpridos com sucesso. Os resultados esperados para esta ação foram alcançados, conforme se resume em seguida.



Foram realizadas quatro campanhas de amostragem de cinzas nos primeiros seis meses de 2016 (janeiro, abril, maio e junho), a fim de avaliar a variabilidade sazonal de suas propriedades, bem como avaliar a influência do tipo de biomassa florestal residual utilizada como combustível na indústria de pasta e papel. Foram amostradas separadamente cinzas de seis origens específicas. Foi realizada uma caracterização fisico-química completa de materiais de cinzas de biomassa, incluindo a análise de pH, teor de humidade, perda por ignição, distribuição de tamanho de partícula, elementos químicos maioritários e minoritários, análise mineralógica, lixiviação e elementos químicos solúveis em água.



A lama de um processo de tratamento secundário de efluentes foi amostrada com a mesma periodicidade de cinzas da combustão de biomassa. Realizou-se uma caracterização físico-química completa deste material que incluiu análises de parâmetros determinadas pelo Decreto-Lei 276/2009 sobre o uso agrícola de lamas de ETAR na agricultura e parâmetros adicionais considerados necessários no âmbito deste projeto (pH, teor de humidade, azoto total, fósforo total, elementos químicos maioritários e minoritários, contaminantes orgânicos - LAS, NPE, PAH, PCB, PCDD/F e microrganismos patogénicos).



Foram realizadas duas campanhas de amostragem para recolher 122 amostras de solo de minas, distribuídas pelas três áreas de estudo (Aljustrel - 39 amostras, Lousal - 39 amostras e São Domingos - 44 amostras). Foi efetuada uma caracterização completa das amostras de solos, incluindo: pH; condutividade elétrica; perda por ignição; carbono total e orgânico; textura; capacidade de troca catiónica; capacidade de retenção de água; densidade aparente; azoto e fósforo totais; fósforo e potássio disponíveis; análise mineralógica; digestão com Aqua-regia e análise de As, Cu, Pb, Zn, Cd, Ni, Cr, Co, Ba, U, Fe, Mn, Al, Sb, Li, Be, Se, B e Mo; concentrações totais de Hg; extração de concentrações elementares potencialmente disponíveis (utilizando extrações de 0,43 M HNO3 e 0,01 M de CaCl2).



Foram selecionados os solos e os materiais para serem testados no decurso da Ação A2.